Verdades e Mitos da Perda de Gordura pela Dieta Intermitente

0
Dieta do jejum intermitente

Muitas celebridades estão cada vez mais causando burburinhos na internet devido divulgarem que estão recorrendo a perda de gordura pela dieta intermitente, que se trata de uma dieta pobre em carboidratos e rica em gorduras e proteínas.

Nesse tipo de dieta, a pessoa come apenas quando sente fome. Por esse fato, o jejum pode variar entre oito, dez, 12 ou até mesmo mais horas.

Esse tipo de regime causou estranheza para muitas pessoas, principalmente, por ter sido uma opção usada inclusive por mulheres gestantes.

Polêmicas à parte, a fim de desvendar esse regime, nesse artigo falaremos sobre alguns mitos e verdades acerca dessa prática de emagrecimento e também trazer alguns pontos importantes para que tudo fique mais claro para você!

Perda de gordura pela dieta intermitente – Mito ou verdade?

Muitas pessoas vêm adotando a prática do jejum intermitente relatando conquistar resultados satisfatórios e rápidos. Porém vamos esclarecer alguns mitos e verdade acerca dessa dieta supostamente milagrosa para que você fique por dentro do assunto. Confira:

  • Qualquer pessoa pode realizar a dieta intermitente! – MITO! Segundo muitos especialistas que dominam o assunto, existe uma forte contraindicação do jejum intermitente. A recomendação é que ele não deve ser feito principalmente por crianças, adolescentes, idosos, diabéticos que realizam o uso de medicamentos hipoglicemiantes e gestantes. É importante ressaltar a gestação pois estamos falando de um período de maior demanda nutricional no ciclo de vida da mulher. Nesse sentido o carboidrato, por exemplo, precisa estar contido nas refeições para fornecer maior quantidade de energia. Outro ponto a ser destacado é que, não é aconselhável que a grávida fique por longos períodos sem se alimentar. Isso pode fazer com que ela passe mal, podendo afetar a pressão e agregando outros fatores negativos à sua saúde;
  • Não é recomendável praticar exercícios durante o jejum! – VERDADE! Quem realiza a prática de atividades físicas precisa ter um forte suporte de nutrientes para manter o corpo em bom funcionamento. Quando alguém permanece por longos períodos de jejum é possível que nesse meio tempo ao realizar uma atividade física ela sinta sintomas de hipoglicemia;
  • Durante o período de jejum, podemos beber água! – DEPENDE – Existem diferentes perfis relacionados à dieta de jejum intermitente, mas em sua grande a maioria a pessoa acaba seguindo o jejum completo, sanando inclusive a gestão de líquidos. Porém isso não é aconselhável pois como sabemos manter o corpo hidratado é uma regra importante para manter a saúde em dia;
  • Podemos dizer que as taxas de colesterol ruim aumentam? – Outro MITO! Esse tipo de dieta existe a muito tempo, inclusive pode ser considerado um método histórico! No período paleolítico, o homem tinha manter a sua alimentação por meio da caça e nesse sentido ele passava muitas horas sem ingerir muito alimento. A agricultura veio fazer parte das nossas vidas muito tempo depois, e nesse sentido o que tínhamos para comer era somente a proteína e a gordura. Mas ao consideramos os tempos atuais devemos levar em conta o constante acumulo de estresse e diante disso estamos sempre em risco de ter um aumento dos níveis de colesterol ruim e esses índices negativos variam de pessoa para pessoa;
  • A dieta do jejum intermitente realmente funciona!  – VERDADE! Sim, é possível emagrecer fazendo esse tipo de regime, porém ao finalizar o processo da dieta é importante ter e mente que a pessoa também pode voltar a engordar. Isso ocorre porque é quase impossível se viver em jejum e quando se estabelece a alimentação normal é muito comum que o individuo também retome a prática de hábitos errados que possuía antes da dieta. O fato é que a pessoa reduz o peso rapidamente, mas é algo de curto prazo e aí todo o esforço pode ter sido em vão.
Perder gordura

O jejum intermitente não é particularmente bom ou ruim

Se o jejum intermitente ajuda a comer menos ou ganhar mais controle sobre sua dieta, pode ser que seja um estilo de dieta que tenha mais a ver com você e nesse sentido pode valer a pena tentar.

Possuir um tipo de plano que lhe permita atingir seus objetivos de calorias e macro nutrientes é o que lhe dará o corpo que você quer.

Nesse sentido não será necessário preocupar-se com relação ao que você come e quando você come para eliminar gordura corporal.

Porém vale ressaltar que todo o tipo de dieta, exige cuidados por parte de quem deseja realiza-las.

Ter hábitos mais saudáveis, como realizar a prática de atividades físicas também é fundamental, para que você possa manter o corpo almejado por muito mais tempo, sempre priorizando a sua saúde e bem estar.

Antes de iniciar qualquer processo de perda de gordura pela dieta intermitente ou qualquer outra, procure um médico nutricionista para que ele possa fazer uma avaliação mais detalhada sobre a sua saúde e possíveis limitações.