Treino para Idosos – Saiba Mais

0
Treino para Idosos
Treino para Idosos

A ideia equivocada de que exercícios físicos são atividades exclusivas de jovens e adultos, excluindo a terceira idade, deve ser ignorada. É possível montar e aplicar um treino para idoso, oferecendo melhorias à sua saúde. Nesse artigo, falaremos de exercícios e treinos que podem ser aplicados a idosos, e trataremos dos benefícios relacionados a uma vida ativa.

À medida que se envelhece, se torna cada vez mais necessário manter hábitos saudáveis e praticar exercícios físicos.

Para a terceira idade, isso será determinante na saúde, principalmente no que diz respeito à prevenção de doenças e melhoria funcional.

Mas a prática de exercícios físicos também ajudará no equilíbrio, diminuindo o incidente com quedas, proporcionando interação social além de gerar melhorias na comunicação e na coordenação motora.

Apesar de todos esses benefícios comprovados, a maioria dos idosos leva uma vida sedentária por uma série de receios, e até mesmo por não saber qual tipo de exercício escolher.

Destacamos que o acompanhamento médico é essencial na escolha dos exercícios. Converse com seu médico e defina, junto com ele, quais são as melhores atividades para sua saúde.

Treinamento Funcional: Conheça o Treino para Idoso que Ajuda no dia a dia

Se você é um idoso que deseja contrariar as estatísticas que apontam uma maioria sedentária na terceira idade, mostraremos algumas opções de exercícios físicos que podem se aplicar a você.

Leia com atenção, e entenda cada beneficio:

  • Treinamento funcional: o treinamento funcional é um tipo específico de treino que visa melhorar o desenvolvimento de atividades simples e cotidianas.

O treinamento funcional deve ser montado levando em consideração as limitações físicas de cada indivíduo, e ele deverá ser prático para ser aplicado no dia a dia.

Em um treino para idoso, por exemplo, pequenas atividades como levantar e sentar de uma cadeira ou amarrar o próprio cadarço deve ser o parâmetro para medir o sucesso do treinamento.

Dentro do treinamento funcional poderão ser aplicadas diferentes técnicas para tornar o dia a dia do idoso mais fácil

  • Treinamento de força: repetições de exercício que ajudem, por exemplo, a pegar alguma coisa no armário, ou no chão;

Exercícios que estimulem o alongamento dos braços e pernas ajudarão nesse quesito.

  • Treinamento de resistência: para estimular que o idoso consiga fazer cosias como subir uma escada, ou ir até um estabelecimento perto de casa sem se cansar de forma excessiva;

Pequenas caminhadas e subidas de escadas ajudarão nesse quesito.

  • Atividades aeróbicas: essas atividades ajudarão no fortalecimento do coração e do pulmão.

A repetição semanal deverá ser de 3 a 4 vezes.

  • Dança: a dança é um excelente exercício. Além de promover a movimentação e combater o sedentarismo, ela promove a interação social, fazendo com que os idosos interajam entre si;
  • Bicicleta: a bicicleta ajudará no desenvolvimento do equilíbrio, além de fortalecer as pernas.

Você deverá usar equipamentos de segurança como capacete e joelheiras.

  • Yoga e pilates: aumentam a flexibilidade e ajudam a combates dores decorrentes da idade. Além disso, aumentam a autoestima;
  • Natação e hidroginástica: trabalhar sob a água é ótimo, porque diminui consideravelmente o risco de lesões e ajuda a fortalecer os músculos. A piscina não tem contraindicações. 
Exercícios para Idosos
Exercícios para Idosos

Como Montar um Treino para Idoso

A seguir, daremos um panorama de questões que devem ser levadas em consideração ao montar um treino para idoso.

  • Avaliação médica

O primeiro ponto antes de começar a treinar é passar por uma avaliação médica.

Somente diante de um atestado alegando aptidão para os exercícios o você poderá começar a praticar.

  • Avaliação física e mental

Também devem ser consideradas as suas condições físicas e mentais.  Qualquer dificuldade especifica em uma dessas avaliações deverá sofrer adaptações para que o treina seja adequado.

  • Aquecimento e alongamento

Nenhuma pessoa deve iniciar atividades físicas sem antes fazer alongamento e aquecimento.

Em um treino para idoso isso é ainda mais importante, e a atenção deve ser redobrada nesse momento.

  • Adaptação

Você deverá passar por um período longo de adaptação, com exercícios leves e familiarização com o ambiente.

Assim, se sentirá mais seguro e a vontade.

  • Permitir pausas

Se você precisar pausar os exercícios, permita-se. Perceba as suas reais necessidades e evite se sobrecarregar.

  • Aumento gradativo de carga

Ainda que você esteja ansioso para aumentar a dificuldade de seu treino, isso deve ser feito de forma gradativa.

Assim, você evita acidentes e diminui a dor gerada pelos exercícios físicos.

  • Hidrate-se

Ao começar a praticar algum exercício, você deverá prestar ainda mais atenção na quantidade de água que está ingerindo.

É necessário manter-se hidratado, mas não deve treinar com o estômago muito cheio de água.

Com essas dicas, aliadas a uma boa alimentação rica em cálcio e vitaminas, você terá uma velhice feliz e saudável.

Lembre-se que o treino para idoso deve ser criado levando em consideração todas as limitações, e deverá contar com toda a estrutura para mantê-lo seguro.

Gostou? Compartilhe e não se esqueça de comentar.