Guia para o uso perfeito de Suplementos Termogênicos

0
Suplementos Termogênicos

Nos últimos anos, os suplementos termogênicos tem se tornado muito populares, principalmente por promessas de perda rápida de peso e melhor desempenho físico. Os termogênicos simplesmente aumentam a temperatura corporal, como se você estivesse realizando algum tipo de exercício mesmo estando em repouso.

Através de um aumento nos estímulos dos sistemas nervoso, respiratório e cardíaco, acontece um aumento do metabolismo basal, que é o mínimo de energia que seu corpo gasta para manter suas funções vitais, quando você está em repouso absoluto.

Porém o uso destes suplementos podem apresentar efeitos colaterais se não forem usados de maneira correta, ou se o produto estiver fora dos padrões legais de venda. Algumas consequências podem ser alterações de humor, tremores, insônia, boca seca, até arritmias cardíacas, infartos e AVC, por isso é extremamente importante estar atento a todas informações sobre seu uso.

Por isso nos últimos tempos, agências reguladoras, no caso do Brasil a ANVISA, têm cercado a venda irrestrita destes produtos, regulamentando as formulas e até proibindo certos produtos de serem vendidos.

Deixando claro que este artigo e toda a regulamentação tem base nos suplementos manipulados artificialmente, como cápsulas, comprimidos e shakes, deixando de fora os alimentos naturais.

Componentes mais frequentes nos termogênicos

Devido à fiscalização nesses últimos anos, as composições destes suplementos tem se alterado constantemente, todos os anos novas substâncias são proibidas, o que força as marcas a procurarem novas formas para tentar atingir os mesmo resultados, através de diferentes combinações.

Toda essa troca de elementos tem gerado duas consequências:

  • Maior segurança para o consumo e saúde;
  • Perda significativa dos efeitos, tanto para emagrecimento quanto para desempenho físico.

Algumas substâncias possuem grandes resultados no estímulo do metabolismo, como a efedrina e a dimethylamylamine (DMAA), que antes estavam presentes em muitos termogênicos, e hoje são proibidas na maioria dos países, devido a severos efeitos colaterais ao coração.

Hoje a base dos termogênicos é composta pela cafeína e a sifedrina, além de uma gama de vários outros componentes, o que torna cada suplemento diferente um do outro, uns possuem mais hormônios, outros mais aminoácidos. Cada um oferece um uso diferenciado, para gerar diferentes resultados para quem os consome.

Através de uma pesquisa, é possível verificar quais são as substâncias que mais são usadas para compor esses suplementos. Vamos falar de cada uma, e o que exatamente elas fazem.

  • Efedrina– esse composto é semelhante a anfetamina e ela foi muito utilizada junto a cafeína nos primeiros termogênicos a irem para o mercado, era responsável pelo grande emagrecimento e desempenho físico, apesar de possuir grande efeito, foi proibida em quase todo o mundo por seus elevados riscos a saúde.

Em estudo feito entre 1997 e 1999, com usuários de termogênicos à base de efedrina, foram encontrados casos de hipertensão arterial, arritmias cardíacas, infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral (AVC) e crise convulsiva. Dentre os casos encontrados, 10 casos resultaram em óbito e em 13 ocorreu uma invalidez permanente. Destes 23 casos mais graves, nove aconteceram em indivíduos plenamente saudáveis e que estavam ingerindo exatamente a dose recomendada pelo fabricante.

  • Cafeína– a cafeína é o composto energético mais consumido no mundo, e vem sendo utilizada por quase todos os fabricantes, na hora de comporem suas fórmulas para termogênicos, muito por ser semelhante a outros compostos proibidos.

Estudos apontam que em adultos o consumo de até 400 mg de cafeína por dia é seguro , um expresso por exemplo pode conter de 30 mg até 90 mg. As dosagens para adolescentes ainda não são perfeitamente estabelecidas, mas é provável que ela seja menor que o limite de 400 mg para os adultos.

Porem pela cafeína não ser tão eficaz para a perda de peso, quanto substâncias proibidas, a dosagem que alguns termogênicos possuem pode chegar a 800 mg/dia o que representa o dobro do que é considerado seguro. Altas dosagens podem causar isquemias e arritmias cardíacas.

  • Sinefrina– É um composto semelhante à efedrina, porém mais fraco. Com a proibição da efedrina, a sinefrina ganhou espaço e agora é a substância mais utilizada nos termogênicos junto com a cafeína.

Mesmo sendo mais fraca que a efedrina ainda pode apresentar riscos semelhantes a esse composto.

A dose segura por dia de sinefrina é 50 mg. Quando utilizada junto a cafeína, sua dose máxima diária segura é 40 mg de sinefrina e 320 mg de cafeína.

  • Octopamina – A octopamina pode ser obtida da mesma maneira que a sinefrina, sendo compostos similares também. A eficácia e os riscos são muito parecidos. Doses seguras ao dia são de até 50 mg.
  • Outras substâncias – Chitosan, cromo, ginseng, glucomanano (Amorphophallus Konjac), L-carnitina, psyllium, erva de São João, taurina e ácido linoleico também podem ser encontradas em varias marcas de termogênicos, geralmente juntos a cafeína e/ou sinefrina.

Porem não existem provas científicas que comprovem os efeitos destas substâncias para a perda de peso e para alguma melhora no desempenho físico. Além de poderem causar diversos efeitos nocivos a saúde.

Devo ou não tomar os termogênicos então?

Quando e como tomar Suplementos Termogênicos

Apesar de muitos se perguntarem, não é possível responder diretamente esta pergunta. Cada indivíduo possui certa condição que difere dos demais, o consumo de suplementos deste tipo deve ser sempre acompanhado de um profissional que avalie sua condição, como um médico ou nutricionista.

Termogênicos não fazem milagres, então ter uma dieta equilibrada e fazer exercícios regularmente é necessário também para atingir os resultados, sem essas tarefas, não haverá nenhum efeito.

Tendo isso em mente os termogênicos são indicados para:

  • Emagrecimento;
  • Definição muscular;
  • Perda de gordura abdominal.

Não existe fórmula magica para emagrecer, ou definir músculos, ou melhora do desempenho físico, então nunca acredite se alguém lhe prometer algo parecido. Os termogênicos são junto a outros tantos elementos, uma ajuda na hora de atingir resultados, sozinhos eles jamais terão um efeito efetivo e seguro.

Se você possui alguma experiência no uso dessas substâncias ou conhece algum caso sobre o tema, deixe um comentário para podermos trocar cda vez mais informações.

E se você gostou do artigo, aproveita e compartilha com os amigos, ele é muito importante para que todos consigam melhores resultados a cada dia de treino.