O que é uma Dieta para Hipertrofia?

0
O que é uma dieta para hipertrofia

Você tem dúvidas sobre o que é uma dieta para Hipertrofia? Se é isto que te aflige, aqui explicamos melhor a questão. Você pode ficar sabendo a função destas dietas, ou seja, veja para que servem.

Poderá também entender como a hipertrofia ensina a comer inteligentemente. E por fim te mostramos por onde começar e o que priorizar na hora de montar a sua dieta.

Dieta para Hipertrofia: Afinal, o que é? Para que serve?

A hipertrofia ocorre quando há o crescimento de massa muscular. Trata-se de uma característica que hoje em dia todos querem ter. Ficar hipertrofiado, ser capaz de exibir seus músculos, mostrar um corpo perfeito. É sonho de muita gente.

Porém, alcançar esta meta tem se mostrado uma tarefa bastante complexa. Esta complexidade é própria da hipertrofia, pois afinal de contas, todos sabem que ninguém consegue ganhar músculos de um momento para outro. Para conseguir a façanha, e preciso esforço e persistência, e muito se discute sobre isto.

Dieta para Hipertrofia: O que sustenta a Hipertrofia e a faz acontecer

A hipertrofia ou ganho de massa muscular se sustenta sobre dois pilares fundamentais: Um se refere aos exercícios físicos, principalmente os treinos com pesos ou Musculação. O outro pilar é a dieta alimentar, que conforme muitos especialistas responde por pelo menos 70% da responsabilidade no ganho de massa magra. Trocando em miúdos, a dieta para hipertrofiar tem um relevante e significativo papel na questão do crescimento muscular. Portanto, podemos dizer que:

Dieta para hipertrofia é o modo alimentar que leva alguém a desenvolver a musculatura, através do crescimento da fibra muscular.

Dieta para Hipertrofia?  Para quê? Qual sua função?

Na verdade, esta dieta especial para ganhar massa, tem várias funções. Uma delas é fornecer nutrientes para que o desportista tenha energia e condições físicas para treinar. Uma outra função é providenciar matéria–prima para a reconstrução muscular.

Mas, a coisa não para por aqui, pois são muitas as ações desempenhadas pelo conjunto de alimentos que constituem esta dieta. Saiba que o resultado positivo do ganho de massa depende muito dos nutrientes desta rotina alimentar. Por tudo que representa, ela precisa ser sempre balanceada, saudável e constituída por proteínas magras, carboidratos, frutas, legumes e verduras.

Dieta para Hipertrofia ensina a comer inteligentemente

Comer estrategicamente, utilizando alternativas inteligentes, que favorecem a saúde física, emocional e mental é uma das vantagens da dieta para ganhar massa muscular.

Com a prática saudável do dia a dia, você acaba aprendendo a comer certo. Aprende a distinguir o bom alimento do alimento vazio. Enfim, veja o que podemos aprender enquanto brigamos por músculos bombados e perfeitos.

Dieta para Hipertrofia

Aprendemos a comer com frequência

A frequência em que os alimentos devem ser consumidos tem sido ponto de discussão, mas para quem deseja hipertrofiar a recomendação ainda é comer com frequência certa. Para aumentar músculos é preciso ter regularidade no comer. A orientação para a maioria das pessoas é a de fazer suas refeições de 3 em 3 horas.

Mas, os fisiculturistas e atletas que treinam intensamente e têm consumo maior de calorias, não seguem esta orientação. Eles precisam reduzir este intervalo entre as refeições, por conta de sua vida esportiva e para compensar seus elevados níveis metabólicos.

Descobrimos que proteínas devemos comer

Este é outro ponto interessante. De tanto buscar pela melhor dieta acabamos aprendendo que as proteínas são essenciais. Elas recompõem a fibra muscular, das microlesões ocorridas durante o esforço do treino.

As proteínas são formadoras de músculos. Depois de recuperados, eles crescem mais e ficam mais fortes. As melhores para nosso caso são as proteínas de origem animal.

São exemplos:

Clara de ovo, Whey Protein, carne bovina magra, frango sem a pele, etc.

Passamos a entender a diferença entre os carboidratos

Saiba que carboidratos comer

O carboidrato é fonte essencial de energia. Mas é preciso saber   o momento mais adequado para comer. No pós-treino, por exemplo, o melhor é ingerir carboidratos simples, que tem rápida absorção pelo organismo. Quando quiser   evitar calorias extras e precisar de energia gradual e mais duradoura, prefira os carboidratos complexos.

Gorduras Boas passam a fazer parte de nosso cotidiano

As gorduras são necessárias. Elas são também geradoras de energia. E fazem isto sem elevar a glicemia sanguínea. Possuem um papel expressivo no ganho de massa muscular.

Isto é porque elas ajudam na formação de hormônios como a testosterona, que é hormônio anabólico, que estimula a síntese de proteínas, contribuindo para o aumento da massa magra.

As gorduras devem ser consumidas com cuidado. Escolha as melhores para incluir em sua dieta para hipertrofia. Não adianta ganhar músculos e deixar que sejam encobertos pela gordura do corpo. Isto não é nada bom!

Você pode optar por Gorduras Saudáveis como:

  • Ômega 3- Encontrada nos peixes como salmão, sardinha e atum. Também está na linhaça e na Chia;
  • Ômega 6- Está nos ovos, leite e carnes;
  • Ômega 9 – Está no azeite de oliva extravirgem, no abacate, nas azeitonas, no gergelim, e em sementes oleaginosas.
Alimentos com Gordura Saudável

Mas, cuidado! Veja Quando a Alimentação Pode Atrapalhar a Hipertrofia

A alimentação é muito significativa quando se trata de hipertrofia. Por isto, é preciso estar bem atento para não meter os pés pelas mãos e atrapalhar o aumento muscular. Se você está pensando se isto é possível, já te digo que infelizmente sim.

Há uma frágil separação entre comer bem para ganhar músculos e comer em excesso e de forma errada. Nenhum dos nutrientes envolvidos em sua dieta podem ser consumidos em excesso, nem em deficiência.

Isto significa que deve haver um equilíbrio. Nem comer de mais, nem de menos. A dieta tem que ser balanceada. Se houver desequilíbrio dos nutrientes e das porções que você come, sua dieta para hipertrofia pode não trazer resultados.

Aqui vão algumas dicas para te ajudar na hora de pensar em seu cardápio para aumento de massa muscular, mas saiba que sempre é legal a ajuda de um Nutricionista para orientar.

Por onde começar e o que priorizar na hora de montar a sua Dieta para Hipertrofia. Veja as dicas:

  • Comece definindo quantas calorias você precisará consumir por dia. (Você pode ser auxiliado por um profissional. Ou buscar calculadoras na internet que fazem o cálculo, mediante suas características).
  • A segunda coisa é distribuir os alimentos, conforme os macronutrientes que farão parte de sua dieta. Neste caso, são: proteínas, Carboidratos e Gorduras, principalmente. As vitaminas e sais minerais estão inseridos nos mesmos alimentos.
  • O foco de sua dieta são as proteínas. Elas devem ser priorizadas. Seu consumo deve ser no mínimo, 2 gramas por cada quilo de peso.
  • Nunca pule refeições. Faça de 5 a 6 refeições por dia.
  • Organize sua dieta de forma a fazer com que ela seja calórica e com foco nas proteínas.
  • Para obter resultados você deve adquirir energia extra. O ideal é ingerir mais calorias do que gasta.
  • A água é fundamental a qualquer dieta.

Agora que você já sabe o que e uma dieta para hipertrofia, basta começar a sua. Mas, antes deixe aqui seu comentário.