Musculação e Treino Funcional: conheça as diferenças entre cada atividade

0
Musculação ou Treinamento Funcional

Duas atividades andam muito em alta no momento: musculação e treino funcional e para quem olha de longe pode dizer que são meios diferentes de conseguir o mesmo resultado.

Mas indo além do treino em sim, as duas atividades físicas têm outas diferenças e podem gerar resultados diferentes. E como você vai ver abaixo, as duas podem se complementar e você não vai precisar escolher entre uma e outra.

Aqui você vai ver as principais diferenças entre a musculação e o treino funcional e depois você vai poder escolher a melhor atividade para você, ou se você prefere os dois tipos de atividade física em conjunto.

Treino funcional

O treino funcional é aquele treino onde não são usados pesos e anilas, o peso utilizado no treinamento funcional é o peso do próprio corpo. E diferente da musculação, o treino funcional tem objetivo treinar o corpo.

Treinamento Funcional

Esse tipo de treino é baseado nas nossas ações normais, como pular, correr, agachar e empurrar. Ele geralmente é feito em espaços ao ar livre, o que acaba sendo um atrativo para aqueles que não gostam de ficar confinados e também para aqueles que gostam de pegar um solzinho enquanto fazem as suas atividades físicas.

Mas se você não gosta de fazer atividades físicas ao ar livre ou se o clima na sua cidade não ajuda, mas ainda assim quer fazer o treino funcional, a boa notícia é que ele pode ser feito em academias também e muitas academias já fornecem esse programa.

Outra solução para os dias de mau tempo é fazer a série em casa, afinal você não precisa de equipamentos muito especializados e na maioria dos casos nem precisa de equipamento nenhum.

O treino funcional melhora o equilíbrio, flexibilidade, resistência, velocidade e muitas outras funções do corpo. Porém o principal foco desse tipo de atividade física, é tornar o corpo mais inteligente para melhorar movimentos importantes para o dia a dia.

Além dessas melhoras, o treino funcional também ajuda a emagrecer e também pode tonificar a musculatura, mas essa parte depende também dos acessórios que vai utilizar.

Se você deseja dar esse up na tonificação da musculatura, você pode utilizar alguns equipamentos, como elásticos, bolas, cordas e outros equipamentos mais simples do que os equipamentos utilizados nas academias.

O treino funcional é mais dinâmico e por isso ele é mais procurado por quem está cansado da rotina da academia, pois com ele você raramente vai fazer os mesmos exercícios.

Existem ainda, tipos diferentes de treinos funcionais e cada um deles tem um foco maior em algum tipo de benefício. Como por exemplo as atividades suspensas, que prometem secar a barriga ou o treinamento da praia, que fortalece a musculatura das pernas de forma rápida.

Além dos benefícios citados acima, o treino funcional ajuda a prevenir lesões e melhora o condicionamento cardiovascular. E com tantos exercícios variados e trabalhando com movimentos comuns, deixamos o nosso corpo mais inteligente.

Musculação

A musculação, diferentemente do treino funcional, é mais voltada para o ganho de massa muscular e para força. Os exercícios de musculação são feitos com pesos e anilas, dentro de uma academia.

Musculação

Para aqueles que buscam hipertrofia, a musculação é a atividade física mais indicada, pois ela trabalha individualmente cada grupo muscular, garantindo um resultado mais eficaz.

Quando é aliado com uma alimentação adequada, a musculação pode ajudar no processo de emagrecimento, uma vez que ajuda a queimar gordura e aumentar a massa magra.

Porém, para aqueles que buscam perder peso, os resultados da musculação podem assustar um pouco. Isso porque massa magra é mais pesada do que gordura, então ao ir ganhando massa magra e perdendo gordura, você tende a pesar um pouco mais do que o peso ideal. Se isso acontecer com você não se assuste e nem brigue com a balança, isso não quer dizer que está engordando.

Existem diversas formas de fazer a musculação e também diversos focos, você pode escolher fortalecer mais as pernas, por exemplo, ou focar mais na perda da barriga.

Mas a musculação não é só voltada para aqueles que buscam hipertrofia, ela também é ideal para quem busca força como ajuda complementar para alguma outra atividade.

Pessoas que passaram por alguma lesão recente, operadas ou que fazem esportes que necessita o fortalecimento muscular, podem ter a musculação como uma grande aliada, desde que seja feita com esse foco e que os limites sejam respeitados.

Conclusão

Os dois tipos de treinos são ótimos para a saúde, mas cada um dele foca em um objetivo diferente e o dinamismo do treino funcional, pode ser um fator decisivo para quem está confuso entre musculação e treino funcional.

É possível ainda aliar os dois tipos de treinos, fazendo os dois em dias alternados. E fazendo os dois juntos, você só tem a ganhar.

A musculação vai ajudar a fortalecer a musculatura para evitar que você tenha lesões durante o treino funcional e o treino funcional, por sua vez, vai melhorar funções onde a musculação não trabalha e também vai ajudar a aumentar o seu desempenho na academia.

Além disso, alguns estudos já mostraram que a variação de exercícios físicos é um fator positivo para a perda de peso e para o aumento da força muscular, pois ensina o cérebro e também o músculo a trabalharem de formas diferentes.

Independente do tipo de treino que você escolha, é fundamental que você siga direitinho o programa para que consiga alcançar seus objetivos e também para evitar lesões.

Antes de começar a musculação ou o treino funcional, é importante fazer uma avaliação com um médico e com um profissional de educação física para avaliar se a sua saúde está ok e se você pode fazer a atividade física.

Se você tiver qualquer problema em algum dos treinos, interrompa a atividade física e procure o professor, caso o problema não melhore, procure um médico e só retorne para o treino após o médico autorizar.

E aí, mais alguma dúvida sobre as diferenças entre musculação e treino funcional?