Os Melhores Produtos para Ganhar Músculos

0
Os Melhores Produtos para Ganhar Músculos

Ganhar músculos não é lá uma coisa muito fácil e é por isso que a maioria dos gigantes, da galera que faz parte do “esmaga que cresce”, diz que são raros os casos em que o aluno consegue crescer puro, ou seja, sem usar nenhum suplemento.

No entanto, é um dilema muito cômico, se assim posso dizer, pois logo que entra na academia, quando é iniciante, você começa a enxergar uma evolução incrível no seu corpo e uma evolução de cargas muito grande, mas, ao mesmo tempo, percebe o quanto é fraco (na força) e pequeno (nas medidas) e essa evolução já não anima tanto.

E depois que já vai para o nível intermediário, é quando entra naquela de “cara, eu tô malhando e não tô vendo evolução”, alguns mudam a dieta, outros mudam a sequência de exercícios e tem aqueles que começam a tomar suplementos.

Suplementos vêm de suplementar e suplementar é sinônimo de complementar, que, por sua vez, significa completar e/ou acrescentar, duas palavras que fazem total sentido no mundo da musculação, pois você precisa completar a sua alimentação para conseguir a quantidade diária de macro nutriente e assim manter o seu nível de massa magra, e precisa acrescentar uma quantidade de macro nutriente para que a quantidade ingerida seja maior do que a diária e com a sobra, ocorra o aumento do músculo (durante a reconstrução muscular).

Só que para comprar os suplementos, é necessário entender sobre o assunto e, o ideal seria ir ao nutricionista, explicar a sua situação, o seu objetivo para que o médico te entenda e te indique o(s) melhor (es) suplemento(s) de acordo com a sua meta, seja ela ter um abdômen definido, uma musculatura definida, ganhar músculo rápido ou ainda outros.

Abdômen Definido

Entretanto, sabemos que em nosso sistema de saúde pública – SUS, é muito complicado de encontrar um médico: seja endócrino, nutrólogo, nutricionista, do esporte etc., nessa área, e sempre há a dificuldade financeira ou mesmo da burocracia e limitação do plano de saúde para a busca destes profissionais.

Esse artigo não substitui de forma alguma a opinião profissional, mas te possibilitará um pouco mais de informações sobre produtos para ganhar músculo e assim consiga entender os principais suplementos, seguir o seu próprio rumo e decidir quais são os melhores suplementos para você.

Os principais produtos para ganhar músculo

Nem sempre o que a maioria das pessoas diz está certo, na verdade, quando alguma afirmação é feita pela grande maioria ou ela é um fato ou está incorreta, pois se é de conhecimento geral, aquele simples sim ou não pode ser muito superficial.

Porém, quando se trata de musculação, temos alguns suplementos para ganhar músculos que são usados pela grande maioria dos alunos, pois se tornou popular e realmente fazem um ótimo efeito, o “incorreto” dessa maioria aí, estaria no motivo para usar cada suplemento, então, por isso, vamos te apresentar os principais e melhores suplementos para ganhar músculos, dizendo a finalidade de cada um, assim você poderá usar os melhores de acordo com o seu objetivo, e assim alcançá-lo de maneira mais eficaz.

Vamos lá?

Creatina

 

Durante muito tempo a Creatina foi proibida aqui no Brasil por causa da falta de estudos, ela já era muito usada na década passada, mas começou a estourar ainda mais quando a Anvisa liberou a comercialização em 2010, as vendas cresceram muito.

Falando do suplemento, a Creatina ajuda demais na reconstrução muscular, no aumento da força e da resistência do músculo, além de ajudar na perda de gordura.

Creatina

Tudo isso acontece porque a Creatina aumenta a quantidade de ATP no corpo (ATP que é uma molécula que guarda energia) e essa energia ajuda, principalmente, no pós-treino, pois diminui aquela dor provocada pelo ácido láctico e como falei mais acima, ajuda na reconstrução muscular, diminuindo o tempo de recuperação do seu músculo e fazendo com que você consiga pegar pesado de novo, mais rapidamente.

Foi comprovado também, que a creatina aumenta substancialmente o ganho de massa muscular, ela simplesmente dobra a quantidade em um período de 4 a 12 semanas.

BCAA

Seguindo a linha da Creatina, só que com um pouco menos de benefícios, o BCAA, por ser Aminoácidos em cadeia ramificada, tem como principal objetivo, atuar na síntese proteica, ou seja, diminuir o tempo de recuperação das lesões que foram feitas pelo estímulo do treino.

Eles atuam na síntese proteica porque são de fácil absorção e ainda atuam como enzimas (basicamente falando), pois otimizam o processo metabólico.

Whey Protein

Voltado principalmente para a complementação da quantidade de proteína que você ingere diretamente, o Whey Protein é um dos principais suplementos usados para o ganho muscular e até para a definição também, quando você quer ter o abdômen trincado e tudo mais, pois a proteína é o macronutriente responsável pela construção muscular, então, se você não ingere uma boa quantidade, o seu corpo não vai ter os ingredientes para fazer a reconstrução, ou seja, o tempo de recuperação aumenta.

Whey Protein

O Whey protein também é responsável por melhorar o fluxo sanguíneo, o que ajuda demais na reconstrução do músculo e ele também ajuda muito nas dietas, tanto para emagrecer, quanto para crescimento muscular.

Carboidratos

Já citamos 03 suplementos que ajudam na reconstrução muscular e na recuperação no pós-treino, mas como esses processos serão realizados sem energia? E como você vai treinar sem energia?

Queimar Gordura

Bem, você não vai.

Para conseguir treinar com qualidade e ainda ter energia para que o seu corpo possa realizar todos os processos necessários durante o seu descanso, você precisará de carboidratos (que são quebrados e transformados em energia) tanto no pré-treino para ajudá-lo, quanto no pós-treino para o seu organismo.

Existem dois tipos de carboidratos: os simples e os complexos.

Os simples são quebrados pelo organismo com mais facilidade e por isso devem ser ingeridos, em pequena quantidade, em 30 minutos antes do treino.

Já os complexos causam um pouco mais de dificuldade, no entanto, trazem energia para longo prazo, o que é muito bom para o período pós-treino, onde o corpo precisa de energia para o resto do dia.

Outra e a última diferença, para ficar bem claro, é que os carboidratos simples te dão uma energia muito alta durante um curto período e os complexos te dão uma energia constante por mais tempo.

Não se esquece de curtir e compartilhar com seus amigos, ok?

Até a próxima!