Qual o Melhor Treino para Hipertrofia Muscular?

0
Melhores Treinos para Hipertrofia
Melhores Treinos para Hipertrofia

Saber qual o melhor treino para hipertrofia muscular nem sempre é uma tarefa fácil e são tantas informações na internet, que muitas vezes acabamos ficando confusos.

Existem algumas divisões de treinos para hipertrofia que podem facilitar a vida de quem está em busca desse resultado. E essas divisões já passaram por testes e se mostraram eficazes no ganho de massa muscular.

Cada tipo de divisão cabe melhor em uma rotina de treino, alguns tipos são para quem tem poucos dias para treinar, enquanto que outros são divisões ideais para quem quer treinar todos os dias, já que temos que ter um tempo de descanso.

Vamos ver agora as principais divisões para que depois você possa escolher qual o melhor treino de hipertrofia para o seu caso.

Fullbody

Como o nome diz, esse é um treino de corpo inteiro. Esse é o treino ideal para quem não pode treinar todos os dias, mas procura um resultado de hipertrofia. Algumas pessoas pensam que esse treino só é bom para quem está iniciando a vida na academia, mas já foi provado que ele é bom para o ganho de força e massa mesmo para as pessoas já adaptadas.

Os treinos fullbody são treinos onde você vai fazer exercícios para todos os grupos musculares e pode ser feito por iniciantes, intermediários e avançados. Como os exercícios são compostos, além da massa muscular, ele também é um ótimo treino para o ganho de força

Como você vai treinar todo o corpo no mesmo treino, esse tipo de treino não pode ser feito todos os dias, já que a hipertrofia só acontece se houver tempo de descanso para a musculatura se reestruture. O intervalo deve ser de um ou dois dias.

Upper/lower

Como eu disse acima, na hora de escolher qual o melhor treino para hipertrofia muscular, você deve levar em consideração também o seu estado atual. Se você não estiver acostumado com os treinos, essa divisão pode não ser melhor para você

Upper/lower (Superior/inferior) é uma divisão de treino ideal para quem já está acostumado com o treino fullbody, já que assim a pessoa poderá utilizar uma carga maior.

Como o nome diz, esse treino é dividido entre um treino com a parte superior e outro com a parte inferior e por isso você terá menos tempo de descanso, o que pode ser desvantajoso para quem não pode treinar 4 vezes por semana, mas que pode ser vantajoso para quem tem esse tempo disponível e quer fazer um melhor domínio dos exercícios.

Treinos para Hipertrofia
Treinos para Hipertrofia

Com a divisão upper/lower, você irá treinar no primeiro dia apenas os membros superiores, no dia seguinte apenas os membros inferiores e o terceiro dia é dia de descanso. Essa sequência deve ser repetida ao longo da semana.

Como o treino é feito somente para um grupo muscular, a carga utilizada deve ser maior do que a carga que seria utilizada em um treino fullbody.

Um grupo muscular por dia

Assim como o treino upper/lower, essa também é uma divisão para quem tem mais tempo disponível, mas nesse caso você terá que ter um tempo disponível maior ainda. São necessários de 5 a 6 treinos por semana caso você queira trabalhar com essa divisão.

Esse treino é bem mais pesado que os treinos anteriores, então ele só deve ser feito por quem já tem alguma prática e para fazer esse tipo de divisão é importante ter certeza de que a alimentação e o tempo de descanso estão sendo cumpridos de modo correto, afinal você vai ter pouco tempo de descanso.

Esse é uma das divisões mais usadas por fisiculturistas, já que o alto volume de treino direcionado a apenas um grupo muscular gera um grande aumento da musculatura. Mas atenção: esse aumento é mais aparente e não significa um aumento de força.

Os grupos musculares são: peito, costas, ombros, pernas e braços. Cada grupo deve ser treinado em um dia diferente.

Conclusão

Agora que você já conheceu os diferentes tipos de divisões pode escolher qual o melhor treino para hipertrofia muscular para você. Mas é importante salientar que você deve conversar com o seu professor de educação física antes de mudar o seu treino, principalmente se você estiver indo para um treino mais pesado.

Além disso, também é importante lembrar que a hipertrofia muscular também depende de um tempo de descanso adequado e de uma alimentação balanceada.

Gostou? Comenta e compartilha esse post com os amigos em suas redes sociais.