A diferença entre Halterofilismo e Fisiculturismo

0
Halterofilismo e Fisiculturismo
Halterofilismo e Fisiculturismo

Para quem olha de longe o halterofilismo e fisiculturismo podem não ter muita diferença, mas para quem está mais próximo desse universo consegue notar as diferenças.

Mas mesmo sabendo a diferença do objetivo, pode ser um pouco complicado diferenciar um treino de halterofilia com um treino de fisiculturismo. Já que os dois muitas vezes acabam usando treinos parecidos.

Diferenças entre Halterofilismo e Fisiculturismo

A diferença principal quanto aos dois é o objetivo: o fisiculturismo tem como objetivo desenvolver a musculatura, alcançando a definição muscular, simetria e harmonia. Já no halterofilismo o objetivo é o ganho de força e a competição de halterofilismo também pode ser chamada de levantamento de peso. Na verdade, o nome halterofilismo entrou um pouco em desuso e o nome mais utilizado nas competições é levantamento de peso

As duas modalidades têm competições separadas. A halterofilia, por exemplo, é um esporte olímpico desde 1896, enquanto que o fisiculturismo só foi aprovado como um esporte olímpico recentemente e a estreia vai ser no Pan-Americano de 2019, mas alguns ainda são contra a entrada do fisiculturismo na competição.

Competição de Halterofilismo

As competições de halterofilismo são divididas em duas categorias: arranco e arremesso e a competição exige técnica, flexibilidade, coordenação, equilíbrio, além de ter que desenvolver força e potência.

Na competição, os competidores tentam levantar a maior quantidade de peso possível do chão até sobre a cabeça. Podem participar das competições homens, mulheres e crianças a partir de 10 anos.

Competição de Fisiculturismo

Como foi dito acima, o fisiculturismo é uma competição para avaliar a definição da musculatura, dentre outras características. As competições são feitas pela IFBB e existem diversas modalidades, algumas incluindo até mesmo uma coreografia.

Além da do próprio corpo, outros quesitos também podem ser avaliados, como a beleza facial, cor da pele, trajes, simpatia e autoconfiança. As modalidades vão desde a modalidade Bikini Fitness, onde a mulher ainda conserva curvas femininas, até modalidades como Fisiculturismo, onde os homens buscam a máxima musculatura e definição possível.

Treino de Halterofilismo e Fisiculturismo

O treino é a parte que gera mais dúvidas entre o halterofilismo e fisiculturismo e eles são bem parecidos, com algumas poucas diferenças. No halterofilismo é utilizada a soma de todos os músculos possíveis em um só exercício, já que seu objetivo é ganhar força e explosão.

Treino para Halterofilismo e Fisiculturista
Treino para Halterofilismo e Fisiculturista

Os treinos aeróbios também são bem-vindos nos treinos de halterofilismo, já que a resistência cardiorrespiratória também é importante no momento da explosão. Circuitos, musculação e super séries fazem parte da rotina de alguém que busca o halterofilismo. As cargas utilizadas no halterofilismo são super cargas, para poder impulsionar todos os músculos ao mesmo tempo e usar a força o máximo possível.

Já o fisiculturismo tem como foco o trabalho de cada músculo isoladamente e a carga não é tão importante. No fisiculturismo você não deve pegar impulso para fazer um exercício e isso muitas vezes é feito quando utilizamos alguma carga que vai além da nossa capacidade. Por isso o foco principal não é a carga alta, mas sim o exercício ser feito de modo completo. Assim como o alto número de repetições pode não ser tão interessante, pois o foco principal é definir a musculatura e não ganhar força.

Quem está em busca do fisiculturismo usa os exercícios de halterofilismo como base, pois eles vão dar uma maior resistência e potência para iniciar a prática de exercícios físicos. Os fisiculturistas mais avançados não colocam os circuitos em sua rotina com tanta frequência, por exemplo.

Conclusão

O halterofilismo e fisiculturismo tem objetivos e treinos diferentes. Ao escolher o treino que você quer fazer, primeiro você deve traçar seu objetivo, se for um objetivo mais visual, com a musculatura mais definida (mesmo que você não queira competir) procure fazer treinos voltados para o fisiculturismo.

Agora, se o seu objetivo for ganhar força, seja para participar de competições ou não, procure por treinos de halterofilismo, focando em força e explosão. E não se esqueça que o treino aeróbio também é muito importante nesses casos.

É claro que mesmo fazendo um treino de fisiculturismo você vai ganhar força, mas só não vai ganhar tanta força muscular quanto com um treino voltado para tal objetivo.

Se gostou do nosso artigo, compartilhe com os amigos, e até a próxima postagem.