Componentes Naturais que ajudam a Ganhar Massa Muscular

0
Ganhar massa muscular

Dificuldade em ganhar massa muscular está provavelmente relacionada a exercícios mal executados ou a uma alimentação inadequada. O consumo de proteínas e a quantidade de calorias ingeridas diariamente são pontos fundamentais para a construção muscular. Entretanto, vale ressaltar que cada organismo tem suas particularidades, alguns tem mais facilidade que outros para ganhar peso ou construir músculos.

De qualquer maneira, se você deseja ganhar massa muscular naturalmente, confira abaixo alguns componentes que podem lhe ajudar a atingir seus objetivos.

Vamos conhecer um pouco mais sobre os componentes naturais

Os compostos naturais estimulam a produção natural da testosterona e do hormônio do crescimento. O objetivo dos componentes naturais é simples, fazer seu organismo produzir mais quantidades desses hormônios a fim de maximizar seus treinamentos.

Porém, é importante que você saiba que os compostos naturais sozinhos não irão apresentar os resultados que você imagina em termos de aumento da massa muscular. É essencial ter uma alimentação de qualidade aliada a uma rotina de exercícios.

Para facilitar sua vida, listamos alguns dos componentes naturais que irão lhe ajudar a ganhar massa muscular.

Os compostos naturais estimulam a produção natural da testosterona e do hormônio do crescimento. O objetivo dos componentes naturais é simples, fazer seu organismo produzir mais quantidades desses hormônios a fim de maximizar seus treinamentos.

Porém, é importante que você saiba que os compostos naturais sozinhos não irão apresentar os resultados que você imagina em termos de aumento da massa muscular. É essencial ter uma alimentação de qualidade aliada a uma rotina de exercícios.

Para facilitar sua vida, listamos alguns dos componentes naturais que irão lhe ajudar a ganhar massa muscular.

Beta-sitosterol

O beta-sitosterol é uma substância encontrada principalmente nas plantas. Esse componente natural é eficaz no controle dos níveis de testosterona, fazendo com que esse hormônio circule livremente por todo o corpo. Uma vez que a testosterona está presente em quantidades adequadas em toda a musculatura, o resultado de seus treinamentos será otimizado e consequentemente você irá aumentar sua massa muscular.

Picolinato de cromo

O picolinato de cromo é possivelmente a melhor fonte de cromo, um mineral fundamental na produção de insulina no organismo. Essa substância melhora a circulação e atua na manutenção dos níveis de açúcar no sangue, resultando no aumento da energia, na queima de gordura e na construção muscular.

L-arginina

A L-arginina ou arginina é um importante aminoácido no qual o organismo é incapaz de produzir. É possível encontrar a L-arginina na soja, no trigo e nas sementes oleaginosas (nozes, amêndoas, castanhas, etc).

Esse aminoácido atua como um intermediário na síntese da creatina, um agente que aumenta a energia causando um aumento da força durante os treinamentos de peso. Além disso, a L-arginina melhora o fluxo sanguíneo para as músculos que foram tensionados, ajudando assim na recuperação da musculatura envolvida nos exercícios.

L-ortinina

A l-ortinina ou ortinina é também um aminoácido que desempenha uma função importante para o aumento da massa muscular. Esse componente natural estimula a produção do hormônio do crescimento, sendo esse importantíssimo para o desenvolvimento muscular.

ZMA

O ZMA é um suplemento composto por zinco, magnésio e vitamina B. Esses compostos estão envolvidos na produção dos hormônios anabólicos (testosterona e hormônio do crescimento), promovendo o aumento de força e energia.

Dimetilglicina

A dimetilglicina é um suplemento derivado de um aminoácido chamado glicina, sendo o mesmo produzido em quantidades mínimas pelo próprio organismo.

Todo suplemento natural baseado em aminoácidos é relacionado a construção das fibras musculares e ao fornecimento de energia para as células. Para simplificar, os aminoácidos produzem proteínas responsáveis pelo aumento da massa muscular.

BCAA

O BCAA (aminoácidos de cadeia ramificada) é na verdade uma combinação de 3 aminoácidos que o corpo não é capaz de produzir, são eles:

  • Valina;
  • Leucina;
  • Isoleucina.

Esse é um dos suplementos naturais mais utilizados no mundo de quem deseja ganhar massa muscular. Esses 3 aminoácidos presentes no BCAA melhoram seu desempenho durantes os treinamentos, lhe dando força extra para os exercícios. Além disso, o BCAA estimula a síntese proteica e reduz a fadiga muscular.

Whey protein

Esse é o composto natural para o ganho de massa muscular mais usado e conhecido no ambiente das academias. O whey protein é um suplemento derivado da proteína do soro do leite, sendo um aliado importantíssimo para a construção muscular.

O uso de whey protein lhe ajuda a fornecer quantidades adequadas de proteína para o desenvolvimento dos músculos, favorecendo a síntese proteica, a recuperação da musculatura além de contribuir para a queima de gordura.

Creatina

A creatina é uma substância natural composta por 3 aminoácidos, são eles:

  • Glicina;
  • Metionina;
  • Arginina.

Nosso organismo é capaz de produzir a creatina (pequenas quantidades) através do fígado e do pâncreas. Essa substância pode ser ingerida pelo uso de suplementos além de também ser encontrada nas carnes vermelhas e nos peixes.

A cretina é importante para o processo de construção muscular porque ela fornece doses extras de energia, promovendo um ganho de força. Além disso, esse componente também ajuda na recuperação dos músculos tensionados, fator fundamental para o aumento da massa muscular.

Para concluir, lembre-se que apenas a ingestão dos componentes acima descritos não será suficiente para o ganho de massa muscular. Você precisa alinhar essas substâncias com uma rotina diária de treinamento sem esquecer dos cuidados com a alimentação.

O artigo foi útil para você? Comente, curta ou compartilhe.