Carboxiterapia – A Melhor Solução para Gordura Localizada? Veja se Funciona ou Não!

0
Tratamento de Carboxterapia
Tratamento de Carboxterapia

Um dos tratamentos estéticos mais conhecidos para tratar a gordura localizada é a carboxiterapia.

Segundo a história dos tratamentos estéticos, a carboxiterapia surgiu em 1777 como técnica para tratamento de pele e remoção de manchas, e desde o início foi observado que o procedimento era bastante eficaz na melhora da circulação sanguínea e na regeneração dos tecidos.

De forma resumida, a carboxiterapia ou CO2 terapia é um procedimento estético feito de maneira que o gás carbônico é colocado em várias camadas da pele, sendo direcionado para o tratamento de estrias, celulites e gordura localizada.

O Que é e Como Funciona a Carboxiterapia?

Como o nome sugere, a carboxiterapia é feita com o uso de gás carbônico medicinal, onde um cilindro desse gás é conectado ao aparelho que permite sua aplicação na pele.

A liberação do gás carbônico para as agulhas atinge o limite máximo de 80ml de gás por minuto, e essas agulhas são bem finas, podendo variar a profundidade de sua aplicação, o que depende do objetivo principal do tratamento. Quando estamos tratando estrias, por exemplo, a aplicação do gás carbônico acontece dentro da própria cicatriz, mas quando o tratamento é das celulites, a aplicação acontece entre a gordura e a pele.

Esse gás carbônico age de maneira a dilatar os vasos sanguíneos existentes naquele local, provocando a formação de novos e, portanto, melhorando a irrigação sanguínea nos tecidos.

Tudo isso acaba por melhorar a oxigenação da região que está recebendo o tratamento e a pele naquele local fica muito mais lisa, com as marcas ficando muito mais suaves ou até mesmo desaparecendo totalmente conforme o tratamento avança.

Outras vantagens da carboxiterapia ainda são o estímulo à criação de elastina e colágeno na região que recebe o tratamento, causando ainda um efeito lipolítico onde as células de gordura são quebradas. O tecido subcutâneo também é favorecido pelo rompimento de fibroses, deixando a pele mais lisa.

A carboxiterapia é um tratamento estético tecnicamente simples, mas, ao contrário do que os marinheiros de primeira viagem pensam, esse é um procedimento invasivo, uma vez que a pele é perfurada por agulhas para a aplicação do gás carbônico. Por esse motivo, apenas médicos especializados podem realizar o tratamento da carboxiterapia, por isso é bom sempre se informar e checar as credencias do profissional que irá realizar esse procedimento. Outro fator a ser lembrado é de que como a aplicação ocorre por agulhas e ocorre a quebra de fibroses, esse tratamento costuma ser doloroso.

Resultados da Carboxiterapia

Os resultados da carboxiterapia variam de caso a caso, e podem ser bastante impactantes quando celulites ou estrias estão em graus iniciais, chegando a realmente deixar esses sinais muito mais suaves, porém, em casos mais avançados, ocorre a diminuição dos sinais, mas de maneira muito mais discreta.

Ainda não há nenhuma maneira de eliminar a celulite completamente, mas felizmente a carboxiterapia pode ser a solução para deixar a pele com um aspecto mais liso e suave.

Os resultados podem ser sentidos por tempo indeterminado, mas é importante ressaltar que pessoas que tem hábitos saudáveis, se alimentam bem, fazem exercícios regularmente e conseguem manter a média de seu peso ideal podem experimentar os resultados do tratamento por toda a vida.

Porém, pessoas que se alimentam mal, que consomem muitos açúcares e gorduras e não praticam exercícios físicos, por exemplo, acabam perdendo todo o efeito do tratamento além de acabarem aumentando a possibilidade do aparecimento de mais celulites e estrias.

Por isso, a carboxiterapia pode contar com sessões extras algum tempo após o fim do tratamento em si para efeito de manutenção. Médicos especializados explicam que isso acontece porque principalmente as mulheres são mais propensas a desenvolver estrias e celulites novamente, uma vez que seus hormônios acabam trabalhando para que isso aconteça, porém, se sessões extras serão realmente necessárias dependerá da pele e dos hábitos de cada paciente.

A quantidade de sessões de carboxiterapia costuma ficar entre cinco e dez, mas mais uma vez, isso dependerá de cada caso. No caso das celulites, as sessões podem ser feitas em dias alternados, e já no caso das estrias e cicatrizes, o recomentado é realizar uma sessão por semana.

A duração das sessões é de cerca de 20 minutos, e é possível fazer a aplicação do gás carbônico em mais de uma região por sessão, mas todos esses parâmetros serão definidos pelo médico responsável.

Em quais casos a Carboxiterapia é indicada?

A carboxiterapia é indicada em quatro casos, são eles:

Tratamento de celulites: A carboxiterapia é um dos melhores tratamentos para celulite disponível no mercado de estética. Isso acontece porque o gás carbônico do tratamento consegue agir nos três estágios da celulite: edema, gordura e fibrose.

No estágio do edema, a carboxiterapia faz o tratamento ao dilatar os vasos sanguíneos e melhorar a circulação no local. Com a aceleração do metabolismo causada pela carboxiterapia a gordura é queimada muito mais facilmente, enquanto a fibrose da celulite é rompida pela própria injeção de gás carbônico.

Todos esses efeitos juntos acabam por realizar um tratamento completo para as celulites, reduzindo-as consideravelmente.

Tratamento de estrias: A carboxiterapia atua nas estrias de maneira que o gás carbônico do tratamento distende o tecido do local, e esse efeito pode ser sentido no momento da aplicação, onde a pele fica um pouco elevada. Com esse descolamento, o gás carbônico fica livre na pele para estimular a produção de colágeno, e esse colágeno ameniza a aparência da cicatriz.

Carboxiterapia Como Funciona
Carboxiterapia Como Funciona

As estrias mais fáceis de serem amenizadas são aquelas que ainda estão avermelhadas, ou seja, que são mais recentes. Em casos de estrias brancas e mais antigas, o tratamento ainda consegue melhorar a aparência, mas de maneira muito mais leve do que no primeiro caso. O tratamento para fibroses e outras cicatrizes ocorre da mesma maneira.

Tratamento de olheiras: Sim, a carboxiterapia também é um ótimo tratamento para melhorar a aparência das olheiras. O que ocorre nesse caso é que a aplicação de gás carbônico no local estimula a circulação do sangue, de maneira que novos vasos sanguíneos são formados, amenizando a aparência e deixando a pele do local mais clara.

Eliminação de gordura localizada: Médicos especializados garantem que o tratamento de gordura localizada com a carboxiterapia até funciona, porém, os resultados são muito mais discretos do que nos casos de tratamento de celulites e estrias, por exemplo. Para a eliminação de gordura localizada o procedimento da carboxiterapia melhora a circulação, acelera o metabolismo e facilita a queima de gordura no local, eliminando gordura localizada.

Sendo assim, a carboxiterapia pode ser o tratamento ideal para melhorar a aparência da pele quando falamos em estrias, celulites, cicatrizes e olheiras, porém, para gordura localizada a carboxiterapia funciona, mas seus resultados são muito pequenos, sendo melhor recorrer a outros tipos de tratamentos estéticos para tal.

Agora que você sabe tudo sobre a carboxiterapia, já sabe se ela serve para o seu caso ou não. Se você gostou do artigo, compartilhe com os amigos!